quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Rua com eles.

Às vezes gostava de viver noutro país da Europa, às vezes parecemos tão complexados e complexos aqui neste!!
Alguém me perguntava a semana passada se era a primeira vez que a minha filha saía à rua! Como?!?!? A primeira?!?! Mas ela tem dois meses, como a primeira?!?! Tem tido azar com o inverno, que saiu muito rigoroso e chuvoso, é certo, mas tem saído, com certeza, e vai para todo o lado com mãe! Mas neste país uma pessoa até se sente mal a levar os bebés onde quer que seja, as pessoas estranham.
No primeiro dia do ano a família foi toda almoçar fora e a bebé também teve direito, pois alguém no restaurante comentou alto e bom som que 'um bebé que só deve ter 1 mês e tal, e já anda aqui!', claro que não passei cavaco ao senhor que proferiu tão doutas palavras, mas tive vontade de lhe responder, 'qual mês e tal, tem 3 semanas!!' 
Não percebo, nos outros países vejo cadeirinhas de bebé e de meninos de todas as idades em rigorosamente todo o lado, aqui querem que as encarceremos em casa junto com as suas recentes mães!! Em Reiquiavique, ou melhor na Islândia toda, com certeza, existe a tradição de deixar os bebés nas suas cadeirinhas à porta dos bares e cafés, enquanto as mães estão dentro em amenas cavaqueiras, e lá o frio não é para meninos; aqui o clima é tão agradável e até assim se estranha tanto ver bebés pequeninhos na rua!! Em Espanha às vezes são mais as cadeirinhas de bebé, que as mães!!
Deixa-me cá acabar isto que vou passear, que parece que não chove agora.

Sem comentários:

Publicar um comentário