sábado, 23 de março de 2013

Vil metal.

O problema é o dinheiro! O maior culpado é o dinheiro: se se tem a menos é um flagelo, se se tem a mais uma desgraça! Nesta matéria, mais que em outra qualquer, creio, o meio é mesmo a maior das virtudes, a maior bênção: não ter a menos nem a mais, pode ser privilégio absoluto.
Tantos ricos que, de tão pouco se preocuparem em ganhar o pão de cada dia, inventam ralações, depressões, infelicidades, inventam vícios, busca incessante de prazer e de sentido para a vida. 
Ao invés não vejo pobres com problemas a não ser os de garantir o sustento e a sobrevivência, não têm depressões, ansiedades, esquizofrenias e afins, não têm problemas existencialistas simplesmente porque não têm tempo, entre a correria do trabalho e da vida do quotidiano, simplesmente porque nem as necessidades básicas vêem satisfeitas! 
Há o pai que vende a filha para se prostituir porque não consegue alimentar a família; e há o casal de multimilionários que entra em jogos perigosos de sexo e festas orjaicas para apimentar a relação, cada vez mais entediante! Uns morrem de tédio, outros morrem de fome! Melhor estar algures entre os dois...

9 comentários:

  1. Eyes Wide Shut??
    Duarte

    ResponderEliminar
  2. Boa Duarte, muito bem!
    Aqui pelo estaminé só passa pessoal atento e avisado.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  3. Não creio que ter muito dinheiro, seja problema. Os desvios e depressões e tudo o mais que são atribuídos aos ricos, são de outra natureza. O facto de terem dinheiro para gastar é que lhes dá visibilidade... Bill Gates e outros igualmente ricos não esquecem a filantropia e cm bons resultados.

    ResponderEliminar
  4. Às vezes parece que quem tem menos, mais feliz é!! Devem conseguir permanecer mais simples, ou sei lá...
    Maria

    ResponderEliminar
  5. Não ter nada que fazer, senão gastar dinheiro, também pode ser verdadeiramente angustiante, nada custa a ganhar, nada tem sabor a conquista, nada traz satisfação e realização pessoa... por alguma razão são os ricos que ocupam os consultórios dos psiquiatras e terapeutas e não é só por serem quem pode pagar, garanto que não.
    Rosa Branca

    ResponderEliminar
  6. Odeio o dinheiro, é o maior problema da humanidade!! A menos, a mais, a ganancia e exploração que provoca, era melhor arranjarmos outra solução.
    X

    ResponderEliminar