quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Apatia

A apatia é um mal dos nossos dias ou um mal das grandes áreas metropolitanas?? Não sei se em zonas mais rurais e menos densamente povoadas se sofre do mesmo, mas aqui onde vivo o que vejo é apatia!
A indiferença é absolutamente chocante, a frieza, a indolência! Parecemos falhos de energia e de discernimento para actuar, mesmo em situações de visível necessidade alheia.
Dos Estados Unidos chegavam há tempos imagens de um cadáver horas a fio assassinado à porta de um hotel, onde passavam transeuntes incrivelmente imperturbáveis, apanhados pelas câmaras do hotel!! Que raio de gente somos nós?!?! Ou em que é que nos transformámos?? Parecemos robôs programados que não se desviam da rota, que nem o olhar desviam, porque aquele que vai ao seu lado não lhe interessa nada, não lhe suscita qualquer interesse ou preocupação!
Pode ser que no nosso país ainda não tenhamos chegado a uma situação tão limite, espero que não!, mas vejo todos os dias gente que não se molesta por ninguém, que passa impávido e sereno por outros sem sequer os ver. Estou convencida que é um mal das cidades grandes, porque lá onde eu nasci, lá onde eu nasci não era assim, talvez por isso me custe ver como somos frios e distantes, como vestimos uma carapaça dura e impenetrável!! Não me habituo, não me habituo a isto assim...  
A ajudar à festa ainda vieram as amizades virtuais e as redes sociais, interacção física, contacto in loco e ao vivo só mesmo com um grupo restrito, mesmo restrito... os outros, aquele que ali vai trémulo do peso que carrega aos ombros... que se amole, nem o estou a ver!

Sem comentários:

Publicar um comentário